Angola

Divisão Administrativa

18 Províncias

Informações sobre o País

Notícias

sem nome FMI: eleições empurram crescimento do PIB

A economia angolana deverá recuperar da estagnação do ano passado e crescer 1,3% este ano e 1,5% em 2018, segundo o Fundo Monetário Internacional (FMI), que atribui este crescimento ao aumento da despesa pública em ano de eleições. O FMI inscreve nas suas Previsões Económicas Mundiais divulgadas esta terça-feira em Washington, que a economia de Angola tem uma perspetiva de crescimento, este ano, de 1,3% para 1,5%, depois de sofrer uma recessão de 0,7% no Produto Interno Bruto (PIB) do ano passado. Recorde-se que a previsão do anterior Governo aponta para um crescimento de 1,1% em 2016 e de 2,1% este ano.

sem nome João Lourenço toma posse como Presidente de Angola

João Lourenço é o novo Presidente de Angola. Os resultados finais das eleições gerais de 23 de agosto foram divulgados pela Comissão Nacional Eleitoral (CNE). Confirmam João Lourenço como novo Presidente de Angola com 61% dos votos alcançados pelo MPLA.Em conferência de imprensa o presidente da CNE angolana divulgou os resultados definitivos das eleições gerais. Bornito de Sousa será o novo vice-Presidente da República.

CNE repudia suspeições da oposição sobre processo eleitoral

A posição foi manifestada esta ontem pelo presidente da Comissão Nacional Eleitoral de Angola (CNE), André da Silva Neto, em resposta à declaração conjunta divulgada no domingo pelos líderes da União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA), Isaías Samakuva, da Convergência Ampla de Salvação de Angola – Coligação Eleitoral (CASA-CE), Abel Chivukyvuku, do Partido da Renovação Social (PRS), Benedito Daniel, e da Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA), Lucas Ngonda, que consideraram inconstitucional e ilegal o processo eleitoral angolano.

_84441549_84441548 Estatuto de presidente emérito continua a ser contestado

A dois meses das eleições em Angola, o polémico projecto de lei sobre o regime jurídico dos ex-presidentes e vice-presidentes da República, que em breve será apresentado para aprovação, continua a gerar polémica no país.Desta vez, jovens ativistas do Movimento Revolucionário Angolano anunciaram que estão a promover uma petição contra a aprovação de tal regime jurídico que, a ser aprovado, permitirá que José Eduardo dos Santos e Manuel Vicente, além de ficarem com imunidade perante a justiça até ao fim das suas vidas.

Artigos de opinião

As universidades de direito e a confiança dos agentes económicos na justiça

Só um ensino universitário do Direito de elevados padrões e com indicadores já em aplicação nos cursos jurídicos de ensino superior ministrados em Angola, pode ser desenvolvido um clima de confiança nos investidores.
Eduardo Vera-Cruz Pinto
Professor Catedrático e docente nos cursos de pós-licenciatura na Universidade Agostinho Neto.

Investir em Angola

A Lei n.º 20/11, de 20 de Maio (Lei de Investimento Privado – LIP), veio definir o acesso aos benefícios e incentivos para o investimento em Angola e abrange todos os sectores de atividade

Destaques

A um mês das eleições Banco Mundial desce classificação de Angola

Angola vai a eleições para eleger um novo Presidente da República no próximo dia 23 de agosto. A campanha para as presidências está no terreno e o Banco Mundial divulga relatório que vai entrar na discussão política. O Banco Mundial desceu a classificação de Angola para país de renda média-baixa, o penúltimo dos quatro níveis com que a instituição classifica as economias mundiais, pelos rendimentos em função da população.

Angola a um mês de eleições

Angola vai a eleições para eleger um novo Presidente da República no próximo dia 23 de agosto. Presidente da República de Angola desde 1979, é a primeira vez que José Eduardo dos Santos não concorre, dando a vez a João Lourenço, atual ministro da Defesa. No próximo ano, há outros três países africanos de língua oficial portuguesa que vão a votos: Moçambique e S. Tomé e Príncipe com eleições legislativas e a Guiné Bissau com legislativas e presidenciais. Já em Cabo Verde só estão previstas eleições legislativas para 2021.

Manifestação na Lunda-Norte termina em tragédia

A luta pela autonomia na Lunda-Norte levou este sábado (24 de Junho) para as ruas daquela província angolana uma manifestação promovida pelo Movimento do Protectorado de Lunda Norte Tchokwé, que acabou em confrontos com a polícia, de que resultaram a morte de um jovem e 13 feridos.