Caracterização Institucional

Aristides Maria Pereira

14 Setembro, 2016

Primeiro Presidente da República após a independência de Cabo Verde, em 1975, Aristides Pereira manteve-se no poder até 1991, ano das primeiras eleições livres no país, que perdeu para o candidato independente António Mascarenhas Monteiro. Nascido na ilha da Boa Vista, em 1923, Aristides Pereira decidiu ir viver para a Guiné-Bissau em 1947, devido às grandes dificuldades que Cabo Verde atravessava num dos períodos de maior seca da sua história.

Na Guiné-Bissau Aristides Pereira fez exame de admissão aos CTT, onde se manteve durante a maior parte da sua vida profissional.Tendo conhecido Amílcar Cabral, acompanhou-o na fundação do PAIGC (Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde), que nasceu na clandestinidade em Bissau, em 1956. Tendo o PAIGC sido reconhecido pela ONU e outros países em 1960, Aristides Pereira tornou-se Secretário-Geral adjunto do partido em 1964, cargo que manteve até 1973, ano em que Amílcar Cabral foi assassinado.

Após a morte do líder histórico do PAIGC, Aristides Pereira foi eleito Secretário-Geral, cargo que manteve até 1980, quando ocorreu a rotura entre o PAIGC e o recém formado Partido Africano para a Independência de Cabo Verde. Aristides Pereira foi eleito Presidente de Cabo Verde em 1975 e reeleito em 1981 e 1986. Foi nomeado para o cargo de Secretário-Geral do PAICV em 1981, no primeiro congresso do partido e reeleito em 1983 e 1986, nos congressos subsequentes. Depois de perder as primeiras eleições presidenciais livres em Cabo Verde, em 1991, Aristides Maria Pereira afastou-se da vida política activa.