Guiné-Bissau

O futuro pode passar pelos recursos minerais

A médio prazo, há que reforçar a capacidade institucional, promover a diversificação da economia, especialmente na agricultura, investir para superar a falta de infraestruturas e garantir uma gestão adequada dos recursos naturais.

Produção de caju apoia crescimento.

Guiné em recuperação

A taxa de crescimento chegou aos 4,7% em 2015 e o FMI estima para o corrente ano uma taxa de 5%, em função do clima sociopolítico, do resultado do impulso da campanha agrícola de bens alimentares e da campanha da castanha de caju.