São Tomé e Príncipe

FMI diz que economia vai crescer 5% este ano

Também foram discutidos o fortalecimento dos controles de compromissos de gastos públicos que exigem que as entidades orçamentárias observem a dotação orçamentária e medidas para mitigar a evasão fiscal. Se forem realizados progressos na execução do programa, poderá realizar-se uma visita dos economistas do FMI para o Outono de 2017.

Agricultura e serviços apoiam a economia

O recente desempenho económico de São Tomé e Príncipe foi impulsionado fundamentalmente pelos setores da agricultura, dos serviços (comércio a retalho e turismo) e da construção.